Acusado de estupros é condenado a 17 anos de prisão e recambiado para Juazeiro

José Cardoso foi preso na manhã desta sexta-feira em Mauriti (Foto: Reprodução/Redes sociais)
09/03/2019 às 9:31

Cumprindo mandado judicial a polícia de Mauriti prendeu José Cardoso Neto, de 45 anos, residente no Sítio Açude Velho na zona rural de Mauriti. O mesmo foi localizado por volta das 10h30min desta sexta-feira e a ele apresentado o mandado de prisão expedido pelo Juiz de Direito, Luiz Sávio de Azevedo Bringel, a fim de cumprir pena de 17 anos e seis meses em regime fechado.

José Cardoso foi condenado numa Ação Penal por crime de estupro contra uma pessoa de sua própria família em Mauriti, cujos abusos sexuais já ocorriam há bastante tempo e começaram quando a vítima ainda era menor de idade e, hoje, já conta com 28 anos. A operação foi coordenada pelo Comandante do Destacamento de Mauriti, Tenente Alcebíades Brasil, e o Delegado de Polícia Civil, André Felipe.

No período da tarde, ele foi recambiado para cumprir pena na Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (PIRC) em Juazeiro do Norte. Após ser ouvido na Delegacia de Mauriti, José Cardoso foi trazido numa patrulha da PM até Juazeiro pelo Sargento Cartaxo e os Soldados Ângelo, J. Sousa e Bazílio.


Miséria.





Leia Tambem: