[Atualizado] Assalto a banco em Milagres deixa ao menos 12 mortos entre bandidos e família refém

07/12/2018 às 15:02

Uma tentativa má sucedida de assalto ao Banco do Brasil e Bradesco na madrugada desta sexta-feira (7), na cidade de Milagres, na região do Cariri, deixou pelo menos 12 mortos entre suspeitos e reféns de uma mesma família.

Homens encapuzados começaram a ação por volta das 2 horas da madrugada na Avenida Presidente Getúlio Vargas, no centro da cidade, quando foram interceptados por viaturas da Polícia Militar.

Quatro pessoas de uma mesma família foi tomada como refém durante trajeto na Rodovia BR-116, ao ter seu carro interceptado pelos criminosos que utilizaram um caminhão para bloquear a estrada. Ao que parece, a família foi sequestrada para ser usada como “escudo humano”.

Moradores relatam pelo menos 10 minutos de tiroteio intenso durante a madrugada.

De acordo com informações do sobrinho de uma vítima, Roberto Daniel, o pai e o filho e ainda mais duas pessoas voltavam do Aeroporto de Juazeiro do Norte em uma caminhonete Ford Ranger, cor azul, onde foram buscar familiares que chegavam de São Paulo.

A família sequestrada foi utilizada como escudo humano pelos criminosos. Na troca de tiros entre policiais e criminosos no centro da cidade, todos os reféns foram mortos.

Na fuga, dois dos envolvidos ainda se refugiaram em uma casa na zona rural, um deles chegou a deitar em cama ao lado de criança para se disfarçar.

O pai, João Magalhães, era proprietário de uma loja de produtos de informática. A família é natural de Serra Talhada.

Por Felipe Azevedo/ Agência Miséria
Miséria.com.br

 





Leia Tambem: