CEDRO: CÂMARA MUNICIPAL ABRE SINDICÂNCIA PARA AVERIGUAR IRREGULARIDADES DA EMPRESA “SL CONSTRUÇÕES LTDA”.

16/04/2018 às 14:00

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Cedro, instaurou o Processo Administrativo nº 002/2017, para apurar supostas irregularidades na construção do Plenário do Poder Legislativo Municipal, por parte da empresa SL CONSTRUÇÕES LTDA, contratada na gestão 2015/2016, de responsabilidade da Vereadora ANA NILMA DE FREITAS, e com o dinheiro do POVO CEDRENSE, pagou a essa empresa, a quantia de R$ 227.653,96 (duzentos e vinte e sete mil e seiscentos e cinquenta e três reais e noventa e seis centavos), pelos serviços de construção do plenário do legislativo local.

Qualquer cidadão cedrense ao se dirigir ao plenário para assistir as sessões da Câmara Municipal, tem se de parando com uma situação de descaso, a sede mais parece um aquário, totalmente alagado com as águas das chuvas, que escorrem por falhas existentes  no telhado no prédio e no piso.

A empresa SL CONSTRUÇÕES, foi acionada pela Presidência do Poder Legislativo Municipal, e apresentou justificativas inconsistentes, única e exclusivamente, de que cumpriu em sua plenitude o contrato nº 20159030, firmado com a então presidente da época, a Vereadora ANA NILMA DE FREITAS, e que os serviços foram atestados e recebidos pelos engenheiros do município.

Pensado nos mais de R$ 227 mil reais gastos com essa obras, que saíram dos cofres públicos, quem irá arcar os valores da reforma que reclama o telhado da Câmara, um prédio que não tem nem dois anos de construído, então, ficam os seguintes questionamentos para a reflexão dos nossos internautas:

Será o cidadão cedrense, que novamente irá pagar esse descaso?

A empresa SL CONSTRUÇÕES LTDA? Ou

A Vereadora ANA NILMA DE FREITAS?

Esperamos que esse impasse seja resolvido o mais urgente, pois segundo a FUNCEME, nos próximos meses, teremos muita chuva e pelo que se observou nas últimas sessões, é que está ficando impossível ocorrer os trabalhos do legislativo em dias de chuva.

 

Reportagem, Artur Virgílio Rádio Montevideo





Leia Tambem: