Jovem de 21 anos foi assassinado a tiros neste Dia de Finados em Crato

02/11/2018 às 15:05

Um homicídio à bala aconteceu por volta de uma hora da madrugada desta sexta-feira, dia consagrado aos mortos, em Crato. O ex-presidiário Rafael Alves de Sousa, de 21 anos, que residia na Rua São José, 63 (Bairro Independência), foi morto a tiros quando seguia para sua casa. O rapaz caminhava pela Rua Padre Enrile naquele bairro quando foi atocaiado por dois homens numa moto Honda Bros de cor vermelha.

Segundo testemunhas, ele ainda saiu correndo pela rua que é estreita e íngreme com o objetivo de fugir da linha de tiros, mas terminou perseguido enquanto era alvejado e tombou sem vida perto do Bar do Maradona. Uma ambulância do SAMU esteve no local, mas os profissionais de saúde apenas constataram o óbito praticado pela dupla não localizada nas diligências feitas por uma patrulha da Polícia Militar.

Rafael tinha várias passagens pela polícia e sua última prisão aconteceu na manhã do dia 18 de agosto na Avenida JPB de Menezes perto do Mercado Walter Peixoto em Crato. Ele estava com um revólver calibre 38 desmuniciado. O mesmo era usuário de drogas e outras prisões suas foram motivadas por tráfico de substâncias entorpecentes, assaltos e furtos

Este foi o primeiro homicídio do mês de novembro em Crato e o 43º do ano no município ou 70,5% em relação aos 61 assassinatos registrados no decorrer do ano passado. O último tinha acontecido na noite de quarta-feira (31) numa intervenção policial quando Fábio Miguel Ferreira de Oliveira, de 22 anos, foi morto perto da Prefeitura de Crato ao tentar assaltar uma mulher que fazia Cooper.

Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

 





Leia Tambem: