Juazeirenses devem ficar alerta sobre cuidados para prevenir a DDA

01/02/2019 às 11:43

A população  de Juazeiro do Norte  deve ficar alerta acerca da prevenção da Doença Diarreica Aguda (DDA), conhecida popularmente como “virose da mosca”, de forma equivocada.

A DDA é típica do começo de cada ano e acredita-se que ficou conhecida como “virose da mosca” devido ao aumento da proliferação de moscas, ocasionada pelo período chuvoso, o que consequentemente aumenta o número de casos de diarreia.

As pessoas podem ser contaminadas tanto pela água como por alimentos infectados, contraindo, portanto, uma virose gástrica.

A mosca é apenas um dos vários veículos de contaminação. Os verdadeiros causadores são bactérias, vírus ou outros parasitas, que podem ser repassados por outros animais, como baratas, ratos e formigas, ou até mesmo pelo ser humano.

Os principais sintomas da DDA são diarreia, febre, vômito, dor no corpo, dor abdominal e náuseas. O tratamento é realizado de acordo com o quadro clínico apresentado pelo paciente.

O Município realiza um trabalho constante de educação e promoção da saúde através das equipes Estratégia Saúde da Família, o monitoramento da água para o consumo humano através da Vigilância Ambiental e a notificação dos casos nas Unidades Básicas de Saúde.

Prevenção

As principais medidas preventivas são manter hábitos de higiene pessoal e domiciliar, como a lavagem adequada das mãos; cuidados com a preparação de alimentos, mantendo-os cobertos; ingerir água tratada, fervida ou filtrada e ter cuidado com o lixo, mantendo-o em recipiente coberto.

Por João Boaventura Neto
Miséria.com.br





Leia Tambem: