Operação da Polícia Federal cumpre 22 mandados de prisão contra deputados

PF conta com a participação da Receita e do Ministério Público Federal
Polícia Federal no condomínio do deputado André Corrêa. Foto: Marcio Alves / O Globo
08/11/2018 às 15:53

Procuradores da República e agentes da Polícia Federal cumprem hoje (8) 22 mandados de prisão na Operação Furna da Onça.  As ordens estão sendo efetuadas pela PF em gabinetes da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), assim como no Palácio Guanabara. Affonso Monnerat, atual secretário de Governo de Pezão, foi preso.

Os mandados foram expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2). Dez das ordens enviadas são contra deputados do Rio de Janeiro, e três já foram presos.

A Polícia Federal conta com a participação do Ministério Público Federal (MPF) e da Receita Federal.

Entenda

A ação faz parte da Operação Furna da Onça, nome concedido em alusão a uma sala pequena, localizada nos fundos do plenário da Alerj, onde os deputados se encontram em reuniões reservadas antes e depois de votações.

Em tempo

Isso pode desencadear investigações em Assembleias de outros estados.

 

Ceará News.





Leia Tambem: