Sem liderança, prefeito de Santana do Cariri joga a toalha e evita derrota na Câmara

07/12/2018 às 11:45

Antes mesmo de ser iniciada a disputa, o prefeito de Santana do Cariri Pedro Henrique (MDB) jogou a toalha e retirou a candidatura da chapa que fazia parte da própria base nas eleições para presidência da Câmara nesta quinta-feira (6).

Após a primeira votação que ocorreu na dia primeiro de novembro ter sido anulada por decisão judicial, as eleições desta quinta tiveram acompanhamento de um advogado indicado pela justiça. Com apenas quatro vereadores na base e sete na oposição, o prefeito não quis sair como derrotado e forjou um acordo.

Ao pedir que todos os aliados votassem na chapa opositora, Pedro Henrique pôs panos quentes na derrota que já estaria se consolidando, passando a impressão que os dois grupos haviam se juntado, o que de fato não ocorreu.

Em conversa para construção do texto, um vereador da oposição vê como covardia a atitude dos que fazem a situação do prefeito e disse que a prioridade é esclarecer que não houve acordo entre as chapas e, ao final, quem venceu foi a oposição ao prefeito.

Com 11 votos, portanto, elegeu-se a chapa encabeçada pela vereadora Luciene Soares (PDT), eleita presidente, João Cabral (PT) vice e Lucas Matias (PSDB) como primeiro secretário.

Artigos de opinião não necessariamente refletem o posicionamento do Site Miséria

Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
Miséria.com.br





Leia Tambem: